Natan Felles


Creative Webmaster


Como criar um servidor VCS com GitLab

Blog · desenvolvimento

Como criar um servidor VCS com GitLab

Não é de hoje que sistemas VCS (Version Control System) vêm sendo utilizados e aprimorados por desenvolvedores para tornar o gerenciamento de repositórios cada vez mais prático.

O Git foi ganhando cada vez mais atenção e se tornou muito popular através do GitHub.

Neste artigo mostrarei como instalar seu próprio servidor Git com o GitLab para gerenciar seus projetos pessoais ou da sua equipe.

Se você ainda não sabe o que é Git, peço que faça uma busca no Google e veja sobre. Em seguida, visite o site oficial do GitLab em about.gitlab.com e depois continue a ler este artigo.

No Ubuntu e no Debian, há versões não oficiais, que apresentaram vários bugs quando testei pela primeira vez. Por isso, recomendo que você baixe o arquivo de instalação em packages.gitlab.com/gitlab/gitlab-ce de acordo com o seu sistema operacional e instale “manualmente”.

Utilizei o Ubuntu 16.04 e fiz o download pela linha de comando com o Curl:

curl -LJO https://packages.gitlab.com/gitlab/gitlab-ce/packages/ubuntu/xenial/gitlab-ce_8.10.2-ce.0_amd64.deb/download

Nota:

Se você estiver em um desktop, recomendo que utilize o Gerenciador de Downloads uGet para poder continuar o download, caso haja falhas, pois o arquivo possui mais de 250 MB.

Depois que estiver com o arquivo .deb podemos usar o Gerenciador de Pacotes para realizar a instalação:

sudo dpkg -i gitlab-ce_8.10.2-ce.0_amd64.deb

O dpkg irá instalar o GitLab e caso ocorra falha de dependências, rode:

sudo apt-get install -f

Com o GitLab instalado, precisaremos reconfigurá-lo pela primeira vez:

sudo gitlab-ctl reconfigure

Boom! Aguarde a reconfiguração do sistema e então você poderá acessar o GitLab pelo navegador. O endereço é o hostname do servidor.

Reconfiguração

Sempre que quiser, você pode modificar as configurações do GitLab no arquivo /etc/gitlab/gitlab.rb.

O mais comun é querer mudar o domínio e colocar algo semelhante a git.meudominio.tld e isso é muito simples. Vejamos:

Antes de mais nada, abra /etc/hosts e adicione uma linha no fim do arquivo, desta forma:

127.0.0.1 git.meudominio.tld

Feito isso, abra o arquivo /etc/gitlab/gitlab.rb e mude o a url externa:

external_url 'http://git.meudominio.tld'

Reconfigure o GitLab:

sudo gitlab-ctl reconfigure

Agora, o sistema está acessível via http://git.meudominio.tld.

Clientes

Em uma rede local, sem um gerenciador de DNS, você terá que editar o arquivo /etc/hosts das máquinas clientes para acessar o servidor Git pelo navegador.

Supondo que o IP local do servidor Git (e do domínio git.meudominio.tld) seja 192.168.1.100. Aponte diretamente:

192.168.1.100 git.meudominio.tld

Dica de Performance no Desktop

Tempos atrás, instalei o GitLab em meu desktop e isso deixou a inicialização do sistema muito lenta pois ele iniciava com o upstart do Ubuntu. Só o GitLab estava comendo mais de 700 MB de RAM e sobrecarregando o uso da CPU.

Para resolver isso, basta desabilitar a inicialização automática do GitLab com o systemctl:

sudo systemctl disable gitlab-runsvdir.service

Como uso o GitLab só de vez enquanto, para atualizar repositórios e gerenciar alguns Todos, isso foi muito vantajoso porque a inicialização do Ubuntu voltou a carregar o Gnome em menos de 10 segundos.

Sempre que preciso usar o GitLab, inicio assim:

sudo systemctl start gitlab-runsvdir.service

Nota:

Veja a manpage do systemctl para maiores detalhes.

Conclusão

Git é o sistema de controle de versões mais avançado atualmente. Simples de usar e com uma comunidade gigantesca. Há vários serviços online que disponibilizam tal serviço e para o gerenciamento local, o GitLab é o sistema mais completo, sendo seguido pelo novato Gogs.

Neste artigo, vimos como instalar o GitLab e reconfigurá-lo. Sempre que precisar de ajuda, veja a documentação oficial no site do projeto ou abra uma issue.